"Tenho consciência de ser autêntica e procuro superar todos os dias minha própria personalidade, despedaçando dentro de mim tudo que é velho e morto, pois lutar é a palavra vibrante que levanta os fracos e determina os fortes.
O importante é semear, produzir milhões de sorrisos de solidariedade e amizade. Procuro semear otimismo e plantar sementes de paz e justiça. Digo o que penso, com esperança. Penso no que faço, com fé. Faço o que devo fazer, com amor. Eu me esforço para ser cada dia melhor, pois bondade também se aprende!"

|Cora Coralina|


terça-feira, 30 de novembro de 2010

"O valor das coisas não esta no tempo em que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicaveis e pessoas incomparáveis."

(Fernando Pessoa)

Recebi,este desafio da Luciana,do blog Temporada da Flores.Eu,sou meio indecisa,um pouco insegura e nem sei o que quero da vida,rs,então é meio difícil falar de mim mesma.Mas vou tentar.

07 coisas que eu tenho que fazer antes de morrer:
1- Passar em um concurso público,pra PF.
2- Fazer uma faculdade.
3- Ser bem sucedida pessoal e profissionalmente.
4- Viajar pelo mundo
5-Casar com o meu amor,na praia
6- ser absurdamente feliz.
7- Ser mãe.

07 coisas que eu mais digo:
1- cassetada!
2- Cristo do céu!
3- Que bostaa
4- Eu sou inteligente,tá?
5- Boob!!
6- misericórdia
7- me ajuda,senhor!

07 coisas que eu faço bem:
1- Dormir
2- Convencer as pessoas
3- implicar
4- ser dramática
5- Reclamar
6- Ajudar os outros
7- palhaçada

07 defeitos meus:
1- Orgulhosa
2- Individualista
3- ansiosa
4- Preguiçosa
5- Impulsiva
6- birrenta
7- insegura

07 coisas que eu amo:
1- Deus
2- meu avós
3- Amigos
4- Música
5- Livros
6- Viajar
7- escrever

07 qualidades:
1-  Fé
2- sonhadora
3- Responsável
4- Determinada
5- Atenciosa
6- Sincera
7- Alegre

07 pessoas para fazer esse jogo:

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

"Nos dias de hoje, cada vez mais, acentua-se a necessidade de ser forte. Mas não há uma fórmula mágica que nos faça chegar à força sem que antes tenhamos provado a fraqueza." Padre Fabio de Melo

.O que é a fé?A convicção de que  algo,é verdade,sem qualquer tipo de prova.As vezes,é impossível ter fé.A gente chora,pede,suplica,reza,mas parece que Deus,não ouve.Usamos a fé,pra tentar amenizar ou disfarçar a dor,a dificuldade,como se fé,fosse sinônimo de esperança e em certos momentos,é o que representa a fé.Desculpa Deus,mas hoje,a fé se foi.Fé,é acreditarcrer sem ver ou ter fatos concretos.E hoje,só acredito vendo.Só hoje.
Claire mabelle.

Seja qual for o seu problema
Fale com Deus. Ele vai ajudar você.
Após a dor vem a alegria,
Pois Deus é amor e não te deixará sofrer.

Noites Traiçoeiras


sábado, 27 de novembro de 2010

Uma senhora,passava pela rua quando avistou,uma mocinha que chorava muito.Então,a senhora parou,foi ajudá-la e perguntou:- O que foi criança,está com dor?Alguém te feriu?
A menina,aos prantos respondeu:-Sim.Está doendo muito!
A senhora: - E o que dói?
A menina: -Meu coração!!
A senhora,assustada,disse: - Ai,meu Deus!!Aguente firme,vou chamar ajuda!
A menina: -Não,senhora.É dor de amor,dói muito.Eu quero morrer!
A senhora :- Não diga,esta besteira criança.Essa dor,um dia passa.Toda gente ama,toda gente chora,essa dor que um dia vai embora,quando chegar outro amor.
A menina,triste e chorosa,disse:-Mas eu não quero outro amor.Quero esse!
A senhora: - Doce criança,por mais que haja amor entre duas pessoas,elas só ficarão juntas,se assim a vida permitir.Não estou dizendo,pra você o esquecer,nem deixar de amá-lo,mas sim pra viver,tentar ser feliz.
A menina: - Não consigo.
A senhora: - Eu sei criança.Também nunca consegui.Acho que ninguém,consegue esquecer um grande amor.Você apenas,passa a conviver melhor com a falta dele,com as lembranças...passa a não chorar toda vez ao se lembrar,mas a sorrir.Um amor puro,jamais acaba,ele se transforma e você,tem que estar preparada pra poder enxergar,quando isto acontecer.Vem criança,vou lhe ajudar a chegar em casa.
A senhora,então,conseguiu acalmar a menina,com sua experiência e palavras doces e sábias.Engraçado,como os mais velhos,sempre sabem o que dizer,parece que já passaram por tudo,o que iremos passar pela vida.Isso me faz pensar,que as coisas estão sempre re-acontecendo,é como se a vida,fosse uma fita e ela rebobinasse.Ou talvez,seja como um jogo,ao qual escolheram você pra jogar.Como se fosse,um filme daqueles que regravam centenas de vezes,e cada vez,escolhem novas protagonistas. 
                                                               Claire Mabelle.
                                                                

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

É com estas que fico...e com as mesmas,peço que vá.

Foi em uma festa,eu estava conversando com uns amigos,quando de repente,você entrou pela porta procurando  por alguém.E foi assim,que tudo começou.-Você chegou,te vi,então sorriu.Amei.Deus,como amei.Abracei.sonhei.Passei noites sem dormir.Chorei.
Você mentiu.Disse,que ia ser pra sempre.Até quando,é sempre pra você?Traidor.Como se eu fosse uma espécie de lixo,me descartou.Parece que foi fácil.
Pra mim,acabou.The end darling.
Mudei.Você me viu,era uma tarde de sol.Eu estava,no cais bebendo com uns amigos.Te vi.Sorri,como se aquele sorriso fosse minha vingança.Agora,corre atrás de mim,igual a um bobo.Sinto muito.Cresci,meu bem.Não sou mas,brinquedinho de ninguém.Tá bom!Quer a verdade?-Não te esqueci.Se te amo?-amo.Porém aprendi a amar mais a mim.Nenhum muleque,como você,pisará em mim outra vez.Eu prometo.Você insiste em dialogar.Que deprimente.Não ouse falar em 'a gente',porque pra você,isso nunca existiu.Eu era só uma bonequinha,que você gostava de exibir,pros seus amigos babacas.Perdoe-me,se fui rude.Se por um acaso,lhe feri os sentimentos ou o orgulho,não sei bem ao certo,o que guarda aí dentro.Bem,talvez seja pedra,porque até gelo,derrete.Sabe,não quero ser  perniciosa e nem fazer o que fez comigo.Humilhar.Destroçar.Porque?-Te digo.Porque,levei um tempo pra me recompor,colar pedaço por pedaço do restou de mim,e o mas difícil de todos,te perdoar.Porque é uma dor absurda,machuca fundo.É uma dor inconsolável,que não se deseja nem pra pior inimiga,quem dirá,pra pessoa que mais amo nesta vida.Agora,tudo acabou.Do nosso amor,só restaram as boas lembranças,pelas quais te perdoei.É com estas,que fico...e com as mesmas,peço que vá.
Então,Luiza dele,se despediu em um breve adeus,seco e doloroso,por mas que ela não deixasse transparecer.Aquilo doeu .E os dois,continuaram seus caminhos...um em cada direção.Certos erros,não tem reparo.
Claire Mabelle.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Não Deixe De Sonhar'


Se alguém te encontrar e perguntar por mim 
Pode dizer que eu vim pra falar o que ninguém mais fala

e não quer acreditar.
Quando ouvir alguém dizer que já não sonha mais, é bom
saber que é capaz de morrer.Que não tem esperança que não
faz nada nascer.

Preste atenção,não abra mão dos proprios sonhos
Não tem perdão,não deixe de sonhar, 
Não deixe de sorrir,pois não vai encontrar quem vá
sorrir por ti.



Sonhar,é tudo vida na vida de um ser.Se você não tem sonhos,de que te adianta viver?Entende?
Claire Mabelle

terça-feira, 23 de novembro de 2010




No amor ninguém pode machucar ninguém; cada um é responsável por aquilo que sente e não podemos culpar o outro por isso...Já me senti ferida quando perdi o homem por quem me apaixonei...Hoje estou convencida de que ninguém perde ninguém, porque ninguém possui ninguém...Essa é a verdadeira experiência de ser livre:ter a coisa mais importante do mundo sem possuí-la.
Paulo Coelho

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Nebulosa'


Azul
Tentar não é tão fácil assim.

Será que você pensa como eu?

Que tudo é sempre igual

Como tudo quase sempre é
Como voltar pra casa.
Se você não encontra nada lá
Ou em qualquer outro lugar
Eu acho que sei como você se sente
Ficar aqui fora sem saber continuar
Que mais, que mais você vai fazer?
E se você se sente assim
Você sabe que não adianta
Dizer que não sabe o que se passa com você
Então tenta voltar pra algum lugar.
Yeah, yeah, yeah, yeah...
Às vezes fica cinza quando a chuva cai
Sempre em volta de você
Mas será que não é tempo de saber o que se quer
E que seria bom se alguém dissesse

Que não adianta contar estrelas por aí?

           Renato Russo.




Não adianta,ninguém me dizer que seria bom,parar de contar estrelas.Porque não existe,nada no mundo de mais encantador pra mim,do que as estrelas.Elas são,a única certeza que tenho,de que ainda,há pureza e esperança neste mundo,tão sujo e insensato.São as estrelas,são sempre elas,que nos dão a certeza,que tudo pode ser melhor.E assim,vamos vivendo em uma nebulosa esperança estelar.Se for pra manter a sanidade,que eu vá e volte,que eu veja e sinta,que eu fale e ouça,que sempre existirá estrelas a brilhar.

 E assim...continuarei seguindo,minha estrela,aonde quer que ela vá.

Claire Mabelle.

As vezes não sentir é o único jeito de sobreviver - A vida secreta das abelhas.

Prefiro sofrer,do que não sentir nada.Mentira.Não gosto de sofrer,isso é doentio.Quem faz do sofrimento uma escolha?um masoquista talvez.Mas isso é outra dor,outro sofrimento.A minha dor é mais profunda,vem lá de dentro do peito.É uma angústia,um aperto.Horrível.
Sofro,por não tê-lo ao meu lado e isso não foi escolha minha(nem dele).Sofro,porque dói tanto,que só quem também sente sente essa dor,sabe como é.Sofro,porque toda noite,sonho com ele e ao acordar,já não o tenho mas comigo e isso dói muito.Sofro,porque é impressionante a capacidade que tenho de chorar toda vez que algo me faz lembrar ele.Sofro,porque tantas vezes,já precisei de um abraço dele e não tive.Sofro,porque foi o único que realmente amei.Aí,choro.Choro,porque machuca lembrar daquele sorriso,daqueles olhos me admirando com carinho.Choro,com saudades do que ainda iríamos viver e nos foi tomado.Choro,com saudades dos  beijos e de seu abraço de ursinho(beeemmm fortaummm).Choro,porque só dele,tenho vontade de cuidar.Choro,porque não amarei nenhum outro como o amo. Choro,porque ele é tudo pra mim.E ao rezar,peço pra Deus o proteger,daí  dano a chorar.Sofro,choro,porque tenho a certeza,que os melhores momentos de minha vida por mais curtos que tenham sido,foram com ele.''Como pode ser gostar de alguém e esse tal alguém,não ser seu?''.O amor que sinto,é só meu e ninguém,poderá arrancá-lo do mim,porque mesmo que pudessem,eu não deixaria.Esse amor, me traz a lembrança de momentos que fui feliz ao lado dele,e isso me pertence.Faz parte de mim.Nenhum amor(se houver),substituirá esse sentimento,que é tão forte,puro e verdadeiro.Sofrer,não é uma escolha, ela faz parte de uma outra face do amor.
                                                              Claire  Mabelle.


(...)Você foi o maior dos meus casos
De todos os abraços o que eu nunca esqueci
Você foi dos amores que eu tive
O mais complicado e o mais simples pra mim. 
Você foi o melhor dos meus erros
A mais estranha história que alguém já escreveu(...)

Esqueci de tentar te esquecer
Resolvi te querer por querer
Decidi te lembrar quantas vezes eu tenha vontade
Sem nada perder. 
Você foi toda a felicidade
Você foi a maldade que só me fez bem
Você foi o melhor dos meus planos
E o pior dos enganos que eu pude fazer
Das lembranças que eu trago na vida
Você é a saudade que eu gosto de ter
Só assim sinto você bem perto de mim outra vez.


Outra Vez

Ana Carolina



sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Coisas que eu sei'

Eu quero ficar perto
De tudo o que acho certo
Até o dia em que eu mudar de opinião
A minha experiência
Meu pacto com a ciência
Meu conhecimento é minha distração

Coisas que eu sei
Eu adivinho sem ninguém ter me contado
Coisas que eu sei
O meu rádio relógio mostra o tempo errado
Aperte o play
Eu gosto do meu quarto 
Do meu desarrumado
Ninguém sabe mexer na minha confusão
É o meu ponto de vista
Não aceito turistas
Meu mundo ta fechado pra visitação

Coisas que eu sei
O medo mora perto das idéias loucas
Coisas que eu sei
Se eu for eu vou assim não vou trocar de roupa
É minha Lei
Eu corto os meus dobrados
Acerto os meus pecados
Ninguém pergunta mais depois que eu já paguei
Eu vejo o filme em pausas
Eu imagino casas
Depois eu já nem lembro do que eu desenhei

Coisas que eu sei
Não guardo mais agendas no meu celular
Coisas que eu sei
Eu compro aparelhos que eu não sei usar
Eu já comprei
Ás vezes dá preguiça
Na areia movediça
Quanto mais eu mexo mais afundo em mim
Eu moro num cenário
Do lado imaginário
Eu entro e saio sempre quando eu tô afim

Coisas que eu sei
As noites ficam claras no raiar do dia
Coisas que eu sei
São coisas que antes eu somente não sabia...
Agora eu sei.
(Danni Carlos)
O amor,é clichê.A vida,uma rotina.O mundo,hipocrisia.A felicidade,uma dúvida pertinente.

'Há quem diga o contrário,há que concorde.Há quem se pergunte todo dia,se vale a pena amar,viver,sonhar.
Ninguém,nada sabe ao certo.Tudo é contestado(até o que escrevi aqui).O que se é estimado,vale de cada um.


Claire Mabelle.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Tela em branco'


A vida é  imprevisível.Nada acontece por acaso,tudo tem seu motivo,sua hora,seu lugar pra acontecer.Não existe coincidência ,mas sim,providência.Destino.Passamos uma parte da vida,a fazer planos,tentando prever o que vai nos acontecer,daqui a alguns anos.O certo seria deixar rolar,mas não tem como,a vida nos obriga,não tentar prever ou mudar o futuro,mas sim,a nos preparar para ele,então,fazemos planos,construimos sonhos.Passa-se tempos e vemos que quase tudo,o que achávamos que teria que acontecer,como;se casar com o namorado,aquele amor da sua vida,sabe?ou então,morar em tal lugar,ir viajar,a tal viagem de seus sonhos, mas aconteceu um imprevisto e não deu pra ir.Por que?Porque você,simplesmente não poderia saber que lá na frente, haveria um contratempo.Visto isto,nos frustramos e passamos a carregar o passado de um futuro que não aconteceu,que só existiu em nossas mentes.
As vezes,certas coisas que almejamos muito,não se realizam por não ser da vontade divina.Como diz o ditado,''Deus escreve certo por linhas tortas.''Não devemos nos preocupar em prever o futuro,nem mudar o passado,porque ''o que não tem remédio,remediado está'' e ''o futuro a Deus pertence''(desculpa os ditados.Foi preciso).Devemos viver o agora,mesmo que ele seja chato,sem graça e terrivelmente tedioso,porém,é a nossa vida,nossa tela em branco.Temos que tentar,colorí-la,como se fosse um pintura em preto e branco,com as mais diversas cores,que há em uma aquarela.Devemos fazer o 'hoje',para que o 'amanhã',nos traga orgulho,felicidade e saudades (boas).
Claire Mabelle.

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Depois da meia noite;

Dias de verão e noites de inverno
A cidade as vezes é o inferno
Criei então um universo
Onde tudo era perfeito e feito pra nós dois

Passamos muito tempo sentados na calçada
Falando sobre tudo e não dizendo nada
Seu sorriso vale mais de mil palavras
Deixa que o futuro fica pra depois
...
Você sabe eu não sei mentir
Esse mundo perfeito nunca vai existir.
(Dinho Ouro Preto / Pit Passarell)
Eu sou assim,intensa,dramática,um tanto inconstante.Não pense que não te quero,quero sim,e como quero,só que que pra me entender é preciso mais que amor,é preciso ser malabarista,para equilibrar minhas diversidades, que são tão fortes,quanto uma tempestade no mar.
Claire Mabelle

terça-feira, 16 de novembro de 2010

A menina de alma reluzente'

Era uma tarde,chuvosa e fria,quando olhando pela janela,uma lágrima escorreu pela face de  Margareth,confundindo-se com as gotas lá de fora.Ela chora,ao se lembrar de um amor.Amor esse, que jamais teve.Pobre Margareth,não sabe o que é amor,fora criada em um orfanato,e nem um amigo tinha.Era receosa,um tanto quanto medrosa.Sonhava em sair daquele lugar,pensava em amar.Queria uma família,saber como é ter um lar.Como é triste não ter alguém,que zele por ti,e que lhe dê um abraço,quando medo sentir.
Mas a pobrezinha,sabia e esperava ansiosa,o dia em que iria sair,daquele lugar.Este qual,era escuro,de noites gélidas,tristes e assustadoras.Ela sonhava,com o dia em que se veria longe,daquela que lhe impunha,infelicidade e palavras um tanto quanto duras e mórbidas de esperança,garganta abaixo.No fundo,bem no fundo de sua alma,a menina era feliz,seus lindos olhinhos cor de amêndoa,brilhavam sempre que surgia um raio de perseverança no horizonte.Margareth,estava focada em sua felicidade,e nenhuma velha,amarga de palavras rudes e expressões,um tanto malvadas,mudaria o que mais almejava.Quando sabemos,o que somos e o que queremos,nada nem ninguém poderá nos mudar ou nos impulsionar,para algo,que não é de nossa estima.A vida é 'dura'para todos,é assim,que aprendemos a driblar as adversidades diversas,que neste mundo habita.E isso a menina triste,de alma reluzente e olhar perseverante,sabia.
Claire Mabelle.

Não te amo mais.
Estarei mentindo dizendo que
Ainda te quero como sempre quis.
Tenho certeza que
Nada foi em vão.
Sinto dentro de mim que
Você não significa nada.
Não poderia dizer jamais que
Alimento um grande amor.
Sinto cada vez mais que
Já te esqueci!
E jamais usarei a frase
EU TE AMO!
Sinto, mas tenho que dizer a verdade
É tarde demais...

(Agora,leia de baixo para cima)
Clarice Lispector

domingo, 14 de novembro de 2010

.Meu mundo e nada mais.: Te desejo amor

.Meu mundo e nada mais.: Te desejo amor: "Falo com o coração partidoPelos poucos momentos juntos vividos.Com sentimentos sincerosTe desejo amorMas,mais que riqueza Te desejo saúdeM..."

sábado, 13 de novembro de 2010

A desconhecida.

Vou lhe contar uma estória,de uma rapariga sem memória,que não tinha passado,nem retrato de um acontecido ou fato.De onde veio?Quem é?responder ela não sabe.Só sabe e sabe escrever e que ama ler.Uma menina,desconhecida,que se descobriu ao deixar no papel,sua identidade,entre pontos e parágrafos de aventuras e contos.Então,passou a ter uma memória,contada de estórias inventadas por uma rapariga desmemoriada.Esse barco ela pegou,junto com a maré se foi,remando ao seu mundo ela chegou,lá se encontrou,reencontrou e lembrou que a dor e a saudade,do que não sabe,em um breve adeus,o vento levou.  
Claire Mabelle.

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

A amizade.

                  ''Um dia a maioria de nós irá se separar. Sentiremos saudades de todas as conversas jogadas fora, as descobertas que fizemos, dos sonhos que tivemos, dos tantos risos e momentos que compartilhamos.
Saudades até dos momentos de lágrima, da angústia, das vésperas de finais de semana, de finais de ano, enfim... do companheirismo vivido... Sempre pensei que as amizades continuassem para sempre.
Hoje não tenho mais tanta certeza disso. Em breve cada um vai pra seu lado, seja pelo destino, ou por algum desentendimento, segue a sua vida, talvez continuemos a nos encontrar, quem sabe... nos e-mails trocados..
Podemos nos telefonar... conversar algumas bobagens. Aí os dias vão passar, meses, anos, até este contato tornar-se cada vez mais raro. Vamos nos perder no tempo.
Um dia nossos filhos verão aquelas fotografias e perguntarão: Quem são aquelas pessoas? Diremos que eram nossos amigos. E... isso vai doer tanto!!! Foram meus amigos, foi com eles que vivi os melhores anos de minha vida!
A saudade vai apertar bem dentro do peito. Vai dar uma vontade de ligar, ouvir aquelas vozes novamente... Quando o nosso grupo estiver incompleto... nos reuniremos para um último adeus de um amigo. E entre lágrimas nos abraçaremos..
Faremos promessas de nos encontrar mais vezes daquele dia em diante. Por fim, cada um vai para o seu lado para continuar a viver a sua vidinha isolada do passado... E nos perderemos no tempo.
Por isso, fica aqui um pedido deste humilde amigo: não deixes que a vida passe em branco, e que pequenas adversidades sejam a causa de grandes tempestades.
Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores... mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!
Vinícius de Moraes.



Não sei ser feliz com os finais que chegam. Mas sempre dou um jeito de me divertir quando sou eu que, apesar de tudo, chego até o fim.

Claire Mabelle.

Sentada em casa a tardinha,sinto o vento tocando nas folhas das árvores,ouço o canto dos pássaros,o barulho do mar,vejo borboletas felizes a voar.

Danni Carlos'

Eu moro num cenário

Do lado imaginário

Eu entro e saio sempre quando eu tô afim.