"Tenho consciência de ser autêntica e procuro superar todos os dias minha própria personalidade, despedaçando dentro de mim tudo que é velho e morto, pois lutar é a palavra vibrante que levanta os fracos e determina os fortes.
O importante é semear, produzir milhões de sorrisos de solidariedade e amizade. Procuro semear otimismo e plantar sementes de paz e justiça. Digo o que penso, com esperança. Penso no que faço, com fé. Faço o que devo fazer, com amor. Eu me esforço para ser cada dia melhor, pois bondade também se aprende!"

|Cora Coralina|


sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

E se eu quiser sorrir,me deixa.Se eu quiser dar a louca,me solte.Se eu quiser dançar no meio da rua,não se importe.
Me deixe cantar,até minha voz acabar.Me deixa chorar,até botar pra fora o que já não cabe mas dentro de mim.
Me deixa seguir com a minha vida,do jeito que eu achar melhor,porque eu sei o que é melhor pra mim eu se eu não souber,vou aprender.Por que a vida é isso!Me deixa errar,que um dia eu acerto.
Me deixa falar,na cara de quem não presta.Me deixa ser eu,porque já cansei de fingir ser outra.
Hoje,acordei cantando.Acordei sorrindo,apesar do dia,estar chorando.Hoje,eu acordei,com preguiça de sair da cama,mas acordei,solta.Leve.Acordei!
A vida começa,todo dia no despertar da manhã.E não é o tempo,que vai fazer o dia ser bom.É você!

 |Claire|


4 comentários:

  1. poxa concordo com vc!
    Ameei teu blog, mt criativo seus post.
    te seguindo, segue de volta ?
    http://lorisentimentos.blogspot.com.br/
    BJOS.. DE SUA NOVA SEGUIDORA ! :)

    ResponderExcluir
  2. Oii ^-^
    Seu blog ta na minha lista dos melhores aqe,parabens mt boom ele se puder da uma olhadinha no meu e seguir se gostar tbm http://umblogpessoa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Palavra chave:
-Verbalize,seu sentimento.
Solte o verbo.Exponha a palavra,que se tem na alma.
Volte,quando achar que deve voltar.
[Claire.]

Claire Mabelle.

Sentada em casa a tardinha,sinto o vento tocando nas folhas das árvores,ouço o canto dos pássaros,o barulho do mar,vejo borboletas felizes a voar.

Danni Carlos'

Eu moro num cenário

Do lado imaginário

Eu entro e saio sempre quando eu tô afim.