"Tenho consciência de ser autêntica e procuro superar todos os dias minha própria personalidade, despedaçando dentro de mim tudo que é velho e morto, pois lutar é a palavra vibrante que levanta os fracos e determina os fortes.
O importante é semear, produzir milhões de sorrisos de solidariedade e amizade. Procuro semear otimismo e plantar sementes de paz e justiça. Digo o que penso, com esperança. Penso no que faço, com fé. Faço o que devo fazer, com amor. Eu me esforço para ser cada dia melhor, pois bondade também se aprende!"

|Cora Coralina|


quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Voltei.

Voltei de uma longa caminhada,caminhada onde,por tantas vezes me perdi.Perdi o folego,a vontade de continuar.Perdi a razão.Perdi,tudo aquilo que fazia de mim,eu.
Hoje,continuo caminhando.Caminho,pra me encontrar.Pra tentar resgatar ao máximo,aquela que eu era antes de me tornar um campo minado,fragmentos de mim mesma.Por muito tempo,fui uma batalha sem proposito ou querer.Bastou um tropeção pra tudo acontecer.Aconteceu.Na vida,tem coisas que não dependem só de nós.Há muita coisa entre o céu e a Terra,entende?Aconteceu,que lá fora nesse mundo,existem pessoas ruins,que se alegram ao ver o sofrimento alheio.
Aconteceu,que a bela adormecida acordou.Não com um beijo,mas com um soco na cara.Acordei tarde,mas acordei.Lavei o rosto,e enxerguei o que antes estava embaçado.Me reconheci no reflexo.Acordei,com vontade de me recompor.Acordei,porque quero ser o que sempre fui.Acordei pra pegar de volta,os pedaços meus,que deixei pra trás,por estupidez.Acordei,pra vida!
|Claire|




Tô me afastando de tudo que me atrasa, me engana, me segura e me retém. Tô me aproximando de tudo que me faz completo, me faz feliz e que me quer bem. Tô aproveitando tudo de bom que essa nossa vida tem. Tô me dedicando de verdade pra agradar um outro alguém. Tô trazendo pra perto de mim quem eu gosto e quem gosta de mim também. Ultimamente eu só tô querendo ver o ‘bom’ que todo mundo tem. Relaxa, respira, se irritar é bom pra quem? Supera, suporta, entenda: isento de problemas eu não conheço ninguém. Queira viver, viver melhor, viver sorrindo e até os cem. Tô feliz, to despreocupado, com a vida eu to de bem.

                                       Caio Fernando Abreu.

domingo, 11 de setembro de 2011

Como um filme de Almodóvar'

Por mais que eu corra,por mais que eu tente me afastar,eu sempre acabo ali,naquele mesmo lugar.Naquele mesmo fim de tarde à beira mar.Fico ali,estática a te esperar.Sei que você não virá.Sei que o nosso tempo passou,na verdade nem sei se aconteceu.Pareço uma louca.Uma boba,porque lá no fundo bem nos fundos,depois daquele beco de nome ''Esperança'',sinto que já nos fomos.Nos perdemos entre a rua dos ''sonhos'' com a ''não era pra ser''.E apesar de tudo que enfrentei,de todos os abismos em que me joguei,de todos os congestionamentos sentimentais pelos quais passei,apesar de tudo isso,foi bom pensar que um dia,andaríamos de mãos dadas pela praia,causando inveja em outros casais.Foi bom pensar que um dia,estaríamos juntos.
O tempo passou e,nós nunca saímos do lugar e,eu vivo aqui,sentada naquele mesmo lugar em que nos conhecemos,sim,naquela mesma direção olhando o horizonte,fazendo dos grãos de areia,ampulheta,pra dominar o tempo,continuo ali parada,porque você sabe onde estarei.
Continuo,porque mesmo já tendo passado do beco da esperança,ainda me resta um fio dela.Parei naquela tarde esses anos todos,só para não nos desencontrarmos o que não adiantou.Parece que fomos feitos para nunca nos encontrarmos e se,é para ser assim,então,que seja,porque até o amor cansa.
Hoje,me levantei daquele meu lugar.Andei em direção ao mar,devolvendo à praia,todos os grãos de areia que guardei durante todo esse tempo.Deixei que as ondas me levassem,usei todas as lembranças e expectativas frustradas como ancora e aos poucos,me vi submergir junto a elas.Aos poucos fui perdendo o fôlego e vi toda a lembrança nossa,passar como um filme de Almodóvar.(Bem dramático).
Não pense,que suicidei o nosso amor,mas nossa estória,aliás,nem sei se pode matar algo,que nem existiu.A única estória que existiu,foram as das minhas lágrimas escorrendo em meu rosto e eu tendo que sentir o gosto salgado do amor,porque como dizia minha amada Amy:''O amor,é um jogo onde se perde''.Deixei-me ir,por fadiga.Insolação,talvez.
Cansei de querer viver um conto de fadas.Um romance bobo de novela mexicana,onde a mocinha só faz chorar.Cansei de fazer o papel da garota romântica,desajeitada e sem graça.Sei que sou assim.Eu sei!Mas preciso me reescrever,preciso interpretar outra personagem.Quem sabe,eu fique bem no papel daquela mulher que,só pensa em trabalho e não tem vida amorosa,nem social,assim,posso continuar sendo sem graça e desengonçada.


Bom...cheguei ao fundo,já sem fôlego algum.Agora,fecho os olhos,solto uma última bolha de ar e me despeço de nós.Me despeço,do sonho que me alimentou durante todo esse tempo.
Termino sendo,o que sou.Um corpo cheio de medo,esperas e memórias jogadas ao fundo do mar,onde todo o resto termina esquecido,à  espera da decomposição.

Ps:Haverá sempre uma última bolha de ar.
Amo-te.

|Claire|


                                       ''A lei da vida,é quem dita o fim do jogo.''
                                                                    Chorão.


Existem quatro coisas na vida que não se recuperam:

- a pedra, depois de atirada;
- a palavra depois de proferida;
- a ocasião, depois de perdida e 
- o tempo, depois de passado."
      Almodóvar.

|Obs:Desculpem a ausência.|

sábado, 20 de agosto de 2011

Pra que tanta pressa de viver?

Me sinto como um dia nublado.Uma manhã fria de tempo incerto,que só faz chover.Confusões e inseguranças.
Sei que por trás das nuvens existe,um sol.O problema,é que as nuvens me impedem de percebê-lo.

Seria engraçado,se não fosse meio triste.Sabemos que o sol,nasce todos os dias,mesmo em dias chuvosos.Sabemos que ele está lá,e ainda assim,sofremos.Só por não vê-lo.Passamos,o tempo todo dizendo,tentando nos convencer,de que amanhã é outro dia.De que tudo vai dar certo,no final.De que a vida é curta e devemos nos jogar nela de cabeça.Eu pensava assim(ou penso).Mas provavelmente,o que te entristece hoje,vai se arrastar por muitos dias e longas noites.
E se,nada der certo no final?Sei que é meio pessimista,porém,é uma verdade(não absoluta).Por que temos que esperar até o final?Quando é o final?Existe esse final?Tem pessoas que acreditam em vida após a morte,e se existe,então,não há um final.Há uma continuação.É como um jogo,assim creio.Você morre e tem a chance,de jogar novamente,porque ainda te resta vida.
Enfiam em nossas mentes,que a vida é curta e que temos que aproveitar cada segundo com se fosse o último.Não acho que seja verdade,a não ser que você,tenha uma doença terminal.A vida é longa e você ainda viverá por muitos anos.Eles colocam essas coisas em nossas,cacholas e,saímos por aí,fazendo besteiras.Sendo inconsequentes e irracionais.Como o ''ultimo romantico''.Corremos atrás de uma felicidade utópica.Vivemos como loucos o tempo todo,por medo de amanhã não vermos o sol nascer.Aí,sofremos.Sofremos as consequências de nossos atos.E os carregamos conosco,por toda a vida,ou com um pouco de sorte,metade dela.Pois,tudo pode mudar.
Se a vida é curta mesmo,então,ao invés de vivermos iguais a um trem desgovernado,por que não brecar,essa ansiedade de chegar ao final feliz?
Por que não,viver cada segundo,sentindo o hoje,querendo o agora e deixando o amanhã pra depois?!
Por que não,passar uma tarde inteira,sentindo a brisa do mar.Observar o desabrochar de uma flor?Pra que tanta pressa de viver?(Vale pra mim).Viva com calma.Deguste cada momento.A vida não é curta,ela passa depressa e o nosso erro é tentar acompanha-la.Nós temos o tempo certo.Tudo tem seu tempo certo pra acontecer.Não devemos aproveitar a vida,por ela ser curta,mas por ser rápida.
Amanhã,não é outro dia.É a continuação do hoje.

A vida,é longa e carrega consigo,uma bagagem de consequências de atos imprudentes.


Os atos de hoje,serão as consequências,de todos 'os amanhãs' de sua vida.


Pense nisso.


Claire Mabelle.

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Oi.Estou te escrevendo porque,tô sentindo falta de você,das nossas conversas.De você me dizendo coisas bonitas.Sinto tanta falta.Nesses últimos dias,é como se meu peito estivesse vazio.

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Aquela menina,ainda mora aqui.Ela tem medo.Está traumatizada.Um tanto insegura.
Ainda,é a mesma,só que um pouco retraída.Está sempre com a placa erguida,dizendo: - Mantenha distancia!
Ela,não é mas a mesma menina.
As pessoas mudam com o tempo,devido as circuntancias,os caminhos que percorrem.Algumas situações,nos empurram pra um quarto escuro e frio.Onde onde a nossa única companhia,é o silencio e a solidão.
Por baixo da porta,vemos um raio de luz,sinalizando o caminho de saída.Mas as vezes,o medo de sair,por não sabermos o que iremos encontrar depois da porta,é tão grande,que preferimos continuar num quarto escuro,onde ninguém pode nos ver ou ouvir.Preferimos,nos esconder.Esconder quem somos,achando que assim,estaremos bem.
Isso,não existe!

Cada um sabe,o que é.Cada um tem um jeito de ser e,se esconder por medo,de não lhe aceitarem por ser quem voce é,desculpe,mas é tolice.A vida é muito breve,pra vivermos nos escondendo.Abra a porta que lhe aprisiona e,vá.
Grite!Levante a plaquinha,dizendo:- Siga em frente!

|Claire Mabelle.|

 
''Eu sou linda do meu jeito
Pois Deus não erra
Eu estou no caminho certo, baby
Eu nasci assim

Não se esconda em arrependimento
Apenas ame-se e você estará feito
Eu estou no caminho certo, baby
Eu nasci assim''

Lady Gaga

Born This Way



domingo, 31 de julho de 2011

Ao escrever,é como se eu  estivesse me olhando no espelho.
Consigo enxergar,quem sou.O que sinto.Escrever,é algo do qual já não consigo viver sem.Me completa.Me acolhe.É mais do que eu,um papel e a caneta.Nessa hora,me sinto parte do papel,me sinto como se fosse a tinta da caneta escorrendo pela folha,deixando as marcas do que sinto,ali gravado.

 |Claire|


''Estou me transformando aos poucos num ser humano meio viciado em solidão. E que só sabe escrever. Não sei mais falar, abraçar, dar beijos, dizer coisas aparentemente simples como “eu gosto de você”. Gosto de mim. Acho que é o destino dos escritores. E tenho pensado que, mais do que qualquer outra coisa, sou um escritor. Uma pessoa que escreve sobre a vida – como quem olha de uma janela – mas não consegue vivê-la.''
Caio Fernando Abreu.

 Ps:Me sinto assim.Não sei se é triste ou não.Mas hoje,nesse instante,é assim que me vejo.Talvez,um pouco pior.


quinta-feira, 28 de julho de 2011

É chegada a hora do Parabéns!

Dia 21 de Julho de 2010,dia em que publiquei meu primeiro post.Era só eu e meu mundo,ainda não haviam habitantes nem turistas.As pessoas olhavam e iam.A partir desse dia,me encontrei.Encontrei meu cantinho no mundo.Me expus.Me joguei.Andei de olhos vendados.
Aqui,despejei meus sentimentos.
Aqui,falo tudo o que quero,sem julgamentos.Porque aqui,por algum motivo,há pessoas como eu.Pessoas com  o mesmo objetivo.De vomitar,tudo o que não desce pela garganta.
O blog me fez crescer.Me deu uma nova ideia do mundo.As pessoas adoráveis que caminham por aqui,me ajudaram.Me deram forças mesmo sem saber.Aqui,me recuperei.Me renovei.Quantas vezes,já escrevi chorando?.Quantas,sorrindo e pensando que talvez,o que eu escrevi,pudesse ajudar alguém de alguma forma?-Muitas.E aconteceu.Sei de gente,que já se emocionou lendo meus textos,e isso me deixa contente.
Aqui,me sinto bem.Me sinto livre.Aqui tenho asas e posso voar.
Hoje,gostaria de agradecer pelo carinho de todos,que vivem e caminham por esse meu mundo.
Obrigada por fazerem parte do Meu mundo e nada mais.


É chegada a hora do parabéns.
Cantemos por um mundo melhor e sem hipocrisias.Cantemos pelas crianças na rua e as que morrem de fome na África.Cantemos,pra Papai do céu,nos proteger e olhar pelas pessoas que moram na rua.Cantemos pelos cachorrinhos desabrigados.Cantemos,não pelo fim da violência,mas pelo inicio da paz.Cantemos,hoje,amanha e sempre.Parabéns pra mim,pra você,pra nós.Parabéns porque somos únicos.Porque temos coragem de dizer o que pensamos e sentimos.Parabéns por sermos seres bons.Parabéns porque sem saber,ajudamos uns aos outros.Nos damos coragem,nos abraçamos sem nos conhecer.
Parabéns!

Agora,fecho os olhos,assopro a vela e faço um desejo.

Desejo,muito amor,muita paz.E desejo,esperança.Fé.Humildade.Desejo,um futuro feliz,mesmo que não seja, o que planejei,mas que seja feliz.Desejo,pessoas melhores.Desejo,coisas boas.Desejo,muitas cócegas na barriga de um bebe,que é pra ele soltar varias bolhas de felicidade.
Que encontremos um poço bem fundo,cheio de sonhos.Que todo dia tomemos um copo d'agua de bondade.Que mesmo sozinhos,tenhamos um lugar pra chorar.Que os desejos,se tornem reais.
Amém.
Jamais,deixemos de agradecer,a dor,a alegria,a vida.O amor.Agradeça,pois tudo é Divino.Tudo,é ensinamento.

|Claire|

''Pensava que escrevia por timidez, por não saber falar, pelas dificuldades de encarar a verdade enquanto ardia, arvorava, arfava. Há muitos que ainda acreditam que começaram a escrever pela covardia de abrir a boca. Nas cartas de amor, por exemplo, eu me declarava para quem gostava pelo papel, e não pela pele, ainda que o caderno seja pele de um figo. O figo, assim como a literatura, é descascado com as unhas, dispensando facas e canivetes. Não sei descascar laranjas e olhos com as unhas, e sim com os dentes. Com as mãos, sei descascar a boca do figo e o figo da boca, mais nada. Acreditei mesmo que escrever era uma fuga, pedra ignorada, silêncio espalhado, um subterfúgio, que não estava assumindo uma atitude e buscava me esconder, me retrair, me diminuir. Mas não. Escrever é queimar o papel de qualquer forma. Desde o princípio, foi a maior coragem, nunca uma desistência, nunca um recuo, e sim avanço e aceitação. Deixar de falar de si para falar como se fosse o outro. Deixar a solidão da voz para fazer letra acompanhada, emendada, uma dependendo da próxima garfada para alongar a respiração. Baixa-se o rosto para levantar o verbo. É necessário mais coragem para escrever do que falar, porque a escrita não depende só de ti. Nasce no momento em que será lida.''

|Fabrício Carpinejar|



domingo, 24 de julho de 2011

Acredito,acredito. (extensão)

Senti uma vontade danada,de acreditar.Na vida,no ser humano.No mundo.No amor e na beleza do voo das borboletas.Resolvi,não desistir de sonhar.Não desistir de amar.De lutar e correr atrás do que almejo.Decidi,ser feliz.Ser uma pessoa melhor.Aprendi,que se a gente acredita,tudo pode acontecer.Aprendi,que a vida,é mágica.É um conto de fadas.Temos bruxas e dragões.Príncipes e princesas.Temos amor.Por mas que ele esteja em extinção,temos amor.E se acreditarmos nisso,sempre o teremos e,em número maior,porque amor,nunca é demais.Decidi,que sou assim mesmo.Sou louca.Uma romântica,no sentido da palavra.Sou apaixonada pela vida e,sempre acho que tudo vai dar certo.Porque eu acredito.
Tudo pode acontecer,quando se crer.
Acredito,em mim mesmo que ninguém acredite.Acredito que julgamentos são hipócritas.Que ainda há pessoas boas no mundo.E são essas que fazem a diferença.Acredito,que viver no imaginário,também,é uma forma de se viver.
Acredito no poder das palavras e na força que tenho dentro de mim.Porque sou energia,sou luz e,tenho uma força de atração muito forte.
Acredito,na força do pensamento.Nas minhas orações.
Acredito,que amanhã,é outro dia,mesmo que nada mude.Mas amanhã,é sempre outro dia.Acredito,que a gargalhada de uma criança,revitaliza a alma.Acredito,que o palhaço,não é tão feliz quanto parece,porque ele também é gente e como gente,ele sofre.
Desculpe,se acredito demais.Mas é que sou assim.Uma crédula em demasia.

|Claire|


Acredito,que no universo,há mais do que podemos imaginar ou ver.Acredito,no desconhecido.Nas forças espirituais.Acredito,em anjo,céu e inferno.Acredito,que se alguém se matar,é pra lá que vai.Acredito,em tudo que não posso ver,mas posso sentir.Por isso,acredito no amor.Acredito,em almas idênticas,esperando se encontrar,algum dia.Acredito,que mesmo uma completando a outra,elas talvez,não fiquem juntas pra sempre.Acredito,num destino justo e implacável.Acredito,em um mundo melhor.Acredito,na paz.Acredito,nas estrelas e acredito,em mula sem cabeça e saci pererê.Acredito,na pureza de uma criança.Acredito,que ele está feliz com ela,mas estaria melhor comigo.Acredito,em fadas.Acredito,acredito.Acredito,que se fecharmos os olhos e,pensar em alguém,esse alguém irá pensar em nós.Acredito,que o mundo dá voltas e, que dor de barriga,não dá uma vez só.(Se é,que me entende).Acredito,que amigos,são pra sempre e que dinheiro não traz felicidade,mas se felicidade,pra você são bens materiais,então,acredito que ele a compre.Acredito,que há pessoas más e que não cabe a nós julgá-las.Acredito,que pessoas mudam,com o passar do tempo.Acredito,em mim.No que sou.Acredito,que um dia,encontrarei meu caminho.Acredito,que apesar do pesares,vale à pena amar.Acredito,que Deus,tem um plano,para todos nós.Acredito,que no fim do arco-íris,tem um pote de ouro.Acredito,que tudo que vem fácil,vai fácil.Acredito,que a esperança,é a última que morre,e que a última flor a desabrochar,será a mais bela de todas.Acredito,que ninguém é normal e eu sou menos ainda.Acredito,em coisas bobas e no impossível,se tornar possível,porque de tudo vale,pra se alcançar um sonho,por mais distante que ele pareça estar.Só não acredito,quando dizem que não tem jeito.Pois,acredito que pra tudo,da-se um jeito.Acredito,que no amor e na guerra vale tudo.E pra se conseguir algo,você tem que lutar.

Claire Mabelle.

sábado, 23 de julho de 2011

Se o amor supera tudo,creio,que ainda falte amor,neste mundo.

|Claire|

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Bons amigos'

Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir.
Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende.
Amigo a gente sente!

Benditos os que sofrem por amigos, os que falam com o olhar.
Porque amigo não se cala, não questiona, nem se rende.
Amigo a gente entende!

Benditos os que guardam amigos, os que entregam o ombro pra chorar.
Porque amigo sofre e chora.
Amigo não tem hora pra consolar!

Benditos sejam os amigos que acreditam na tua verdade ou te apontam a realidade.
Porque amigo é a direção.
Amigo é a base quando falta o chão!

Benditos sejam todos os amigos de raízes, verdadeiros.
Porque amigos são herdeiros da real sagacidade.
Ter amigos é a melhor cumplicidade!

Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho,
Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!

[Machado de Assis.]

A amizade,é um sentimento que nunca morre.Independente,do tempo,da distância..Não importa a ponte que os separa,o que importa,é a ponte que os une.A ponte do amor.
Gostaria de deixar aqui,um pouco do amor,que tenho pelos meus amigos,que estão distantes de mim,que já não falo há muito tempo,mas que sempre estão presente em meus pensamentos.Eles permanecem junto das lembranças boas.Da velha infância.
O que importa,é a marca que deixamos uns nos outros.A marca do bem,do carinho.Sei que os deixei essa marca,assim,como deixaram em mim.
Amizade,é sinonimo de cumplicidade.É apoio,loucura,gratidão,brigas que terminam em um abraço.Gargalhadas,na madrugada.Broncas e opniões.
Sempre tive mais amigos,do que amigas.Me orgulho muito disso.Meus amigos,são meus irmãos.Sei que com eles posso contar sempre.Posso gritar,xingar,que eles irão entender,porque amigo,é isso.
É ,na alegria e na tristeza,na ressaca e na curtição.
Que a  ponte,que me une aos meus amigos,esteja sempre de pé.Que o amor,sempre nos una e nos faça sempre mais amigos.Cúmplices.
Aos meus amigos,mais amores.
Aos meus amigos,mais amigos.
Mais alegrias,menos temores.

Aos meus amigos do blog,um muito obrigada por cada carinho.Obrigada por cada palavra amiga.
Obrigada,por fazer parte desse meu outro mundo.Obrigada,porque vocês me ajudam muito,com palavras doces e ternas.

Que os nossos dias se encham de luz.
Que cada um dos meus amigos,sejam uma estrela no céu,
e que lá de cima ,eles possam sorrir pra mim,sempre que eu precisar.
Que eu sempre tenha carinho o suficiente pra cada um deles.
Que sejam poucos,mas sejam verdadeiros.
Que sejam eternos.Como o amor de Deus.
Que os anjos os abençoe e os traga muita felicidade.
Que a tal da amizade,jamais morra.
E,cresça,cresça,como uma criança,levada e brincalhona.
Esses,são os meus votos,para todos aqueles que me cercam de carinho,e todos os que possuo em minhas memórias e coração.
Obrigada por esse laço,chamado amizade.

[Claire]




    

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Todas as noites,volto a minha cabeça e o meu olhar para o céu.Contemplo as estrelas,que brilham lá do alto.E se algum dia,por ventura,eu não olhar mas lá pra cima,pra observar essas nebulosas,que nos inspiram e nos encharcam de esperança,é porque estou lá de cima,contemplando aqui em baixo.

[Claire]

terça-feira, 12 de julho de 2011

"Você encontra milhares de pessoas e nenhuma delas te tocam, e então encontra uma pessoa, e sua vida muda. Pra sempre."




"Eu me preocupava bastante com o que queria ser quando crescesse, quanto ganharia ou se me tornaria alguém importante. Às vezes, as coisas que você mais quer, não acontecem. E às vezes, 
as coisas que jamais esperaria, acontecem."


[Amor & outras drogas]

Tô me sentindo assim.A vida,é um saquinho de surpresas.Nunca se sabe,o que pode sair de lá.
Não adianta,só planejar,tem que viver.Tudo pode mudar a qualquer instante.Fato

[Claire]

domingo, 10 de julho de 2011

Que país é esse?

Todos somos seres diferentes.Ninguém é igual a ninguém.Fato.O mundo,anda muito hipócrita.O Brasil,anda muito equivocado.A cabeça de algumas pessoas,andam muito sujas.Os corações,de certas gentes andam muito empedrados.O amor,é lindo.Puro.É um sentimento,que não julga.Que perdoa,compreende.Não é preciso ser homem e mulher,pra amar,pra querer passar o resto da vida juntos.Não precisa ser um casal hétero pra constituir,uma família.É preciso amor.E isso,qualquer ser humano é capaz de ter,de sentir.
Não julgue o seu próximo,por ele ser homossexual.Homem ou mulher,gays ou não,todos tem o direito de beijar,dar as mãos,fazer juras de amor,querer uma família.
Chega gente,de tanto preconceito.Basta de tanta falta de respeito.Não é nojento.É amor.Não é ''boiolice''.É amor.Não é perversão.CARAMBA,é amor.Grito bem alto,é amor.Porra!Como diz uma sábia guerreira,Madre Teresa de Calcutá:''Quem julga,não tem tempo pra amar''


Vamos pedir piedade
Senhor, piedade
Pra essa gente careta e covarde
Vamos pedir piedade
Senhor, piedade
Lhes dê grandeza e um pouco de coragem
[Cazuza]

Que país é esse cara?!Que merda de país,é esse onda há tanta falta de respeito?Porque,não fica cada um na sua tribo e deixa a dos outros em paz?Porque,esses pitboys,saem na rua pra fazer maldades?Que grandes covardes.Pra mim,todo gay,é mais Homem que muito ''homem''por aí.
Tô de saco cheio,de tanta palhaçada.Esse país,é um grande circo.

[Claire Mabelle]

domingo, 3 de julho de 2011

Eu?Eu sou abstrata.

Eu escrevo,porque gosto.Porque me faz bem escrever.Escrevo pra aliviar a alma.Escrevo,porque encontro nas letras,conforto,afago.Escrevo,porque quero ejetar,todo tipo de sentimento reprimido.Escrever,é um ato de liberdade,de exalar tudo o que sufoca e deixa a boca amarga.Escrevo,porque dentro de mim,tem um mundo indagativo,um mundo curioso e fantasioso.Escrevo,porque sou sensível demais e as vezes,até choro sem razão.
Escrever,é mergulhar dentro de um oceano límpido,se afogar e permanecer vivo.Escrevo,o que não posso falar.Escrevo,pra entender o que sinto.Pra costurar meus sentimentos e assim,escrevo.Remendo.
Escrevo,porque escrevendo,não me sinto diferente.Confesso que sou,dramática,desligada,um pouco preguiçosa,meio impulsiva e escrever,é uma terapia.Acredito que muitos,escrevem pelos mesmos motivos que eu.As vezes,quero escrever tanta coisa,que me perco,entre-as-linhas.Me perco nos pensamentos.Cá, entre nós,escrever faz um bem danado,né?!

Meu mundo,é real.Minhas fantasias também.Eu?Eu sou abstrata.Sou uma espécie de ser extra-terrestre.Sou um ser perdido,entre mundos distantes e que de,vez enquanto,vem passear,por entre,os terrestres.Sou um poço de sonhos.Daqueles bem fundos.Meu travesseiro,já ficou pequeno demais pra mim.Sou um foco de luz,na imensidão.Sou um pedaço de algodão,querendo ser doce.Sou um filme em preto e branco.Sou cinema mudo.Sou viciada em vírgulas.Sou um exagero.Sou eternamente apaixonada,pelo quê,não sei.Sou a garota sentada embaixo da árvore,lendo um livro.Sou uma mulher ambiciosa,querendo sucesso.Sou uma moleca,correndo pelos cantos e fazendo traquinagens.Sou aquela personagem de comédia romântica: Atrapalhada,desengonçada,bonita,sozinha,estranha e mesmo assim,ainda tem um bonitão esbarrando nela .Ta aí,sou quase uma,Bridget Jones.


E você,que acabou de ler este texto,transbordando insanidade e um pouco de incoerência.Também,se sente assim?Também escreve por algum desses motivos e adora ver Bridget,quando está deprê?Se você,fosse personagem de algum filme,qual seria?
Curiosa,né?Mesmo que não tenha respondido nos comentários,aposto que respondeu todas as perguntas.Sabe,porque?!Porque,somos seres curiosos.Seres sonhadores.Seres românticos,que adoram uma fantasia e se tivessem super poderes,iriam tornar todos realidade.
Acertei?!
Criei um mundo,onde faço questão,de me dispersar da realidade.

Hoje,assino como Amanda(quem realmente sou),mas amanhã,serei novamente a 'Claire' do Meu mundo e nada mais.

Nem tudo,é razão.Nem tudo é coerência.Nem tudo,é em vão.
Leve a vida,mais leve.Pois,sinto muito em dizer,mas a vida é breve.
(Abraços de uma insana)
Amanda R.


quarta-feira, 29 de junho de 2011

Tela em branco'


A vida é  imprevisível.Nada acontece por acaso,tudo tem seu motivo,sua hora,seu lugar pra acontecer.Não existe coincidência ,mas sim,providência.Destino.Passamos uma parte da vida,a fazer planos,tentando prever o que vai nos acontecer,daqui a alguns anos.O certo seria deixar rolar,mas não tem como,a vida nos obriga,não tentar prever ou mudar o futuro,mas sim,a nos preparar para ele,então,fazemos planos,construimos sonhos.Passa-se tempos e vemos que quase tudo,o que achávamos que teria que acontecer,como;se casar com o namorado,aquele amor da sua vida,sabe?ou então,morar em tal lugar,ir viajar,a tal viagem de seus sonhos, mas aconteceu um imprevisto e não deu pra ir.Por que?Porque você,simplesmente não poderia saber que lá na frente, haveria um contratempo.Visto isto,nos frustramos e passamos a carregar o passado de um futuro que não aconteceu,que só existiu em nossas mentes.
As vezes,certas coisas que almejamos muito,não se realizam por não ser da vontade Divina.Como diz o ditado,''Deus escreve certo por linhas tortas.''Não devemos nos preocupar em prever o futuro,nem mudar o passado,porque ''o que não tem remédio,remediado está'' e ''o futuro a Deus pertence''(desculpa os ditados.Foi preciso).Devemos viver o agora,mesmo que ele seja chato,sem graça e terrivelmente tedioso,porém,é a nossa vida,nossa tela em branco.Temos que tentar,colorí-la,como se fosse um pintura em preto e branco,com as mais diversas cores,que há em uma aquarela.Devemos fazer o 'hoje',para que o 'amanhã',nos traga orgulho,felicidade e saudades (boas).
Claire Mabelle.

                                                                                                         (Repostagem)

domingo, 26 de junho de 2011

Que...


a vida,seja mais viva.
Que os dias,tenham mais luz e a noite mais alegrias.
Que o vento,traga só boas saudades.
Que o tempo,seja justo.
Que os pesadelos,fiquem enterrados no passado.
Que o jardim,seja mais florido. 
Que as flores,tragam o perfume da sabedoria.
Que o coração,bata forte mais vezes.
Que as borboletas,façam festas em nossas barrigas,sempre.
Que a menina,que você era,lhe faça sempre companhia.
Que você jamais,se esqueça no menino que brincava na rua com os amiguinhos.
Que a humildade,lhe faça um ser melhor.
Que o amor,seja,esteja,permaneça em nós.
Que os amigos,saibam o que é amizade.
Que a paz,abafe a guerra.
Que o preconceito,ache o caminho da lixeira.
Que o racismo,deite do lado daqueles que o idolatravam.
Que a liberdade,não se confunda com o direito de julgar.
Que o mundo cresça,como um universo saudável e de luz.
Que o respeito,se faça presente todos os dias de nossas vidas.
Que a cumplicidade,segure em sua mão e não solte mas.
Que a humanidade,não se perca no caminho.
Que a fé,nos guie nesse caminho estreito e comprido.
Amém!

Claire Mabelle.

domingo, 19 de junho de 2011

Dalai Lama'



"Dê a quem você ama: asas para voar, raízes para voltar e motivos para ficar.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Pra você!

Quando se sentir só,pense em mim.Porque aonde eu estiver,estarei com você.
Quando estiver triste,feche os olhos e me verá,sorrindo pra você.
Se por um acaso,você chorar,deixe a lagrima escorrer,que enxugarei pra você.
Quando sentir minha falta,grite,berre meu nome,em silêncio,que venho lhe acalentar.
Não importa onde eu esteja,o que aconteça,estarei sempre contigo. Segurarei na sua mão, quando
precisar de coragem e,lhe darei um abraço bem forte, pra lhe mostrar que não está sozinho. Eu estou com você.
Distância nenhuma, me impedirá de te amar. Nem você.

No momento em que olhei nos seus olhos, nossas almas se cruzaram. Neste momento senti,
que  meu coração,já era seu.O que dói em você,dói em mim.
Você se tornou,muito mais do que o meu amor.Agora,você é meu melhor amigo,querendo ou não.Pois,é a única pessoa pra quem conto tudo.É  única pessoa que chamo,quando preciso de ajuda.
Então,se precisar grita.Pense em mim,com vontade que farei o mesmo,assim,estaremos em total sintonia.
Tudo isso,porque te amo,como nunca amei ninguém.Se é,que já amei!

Claire Mabelle.

terça-feira, 14 de junho de 2011

Deixa a menina,deixa...'


Ela é uma menina,que insiste em sonhar.Que insiste,que o amor existe e,que todo mundo é capaz de amar.
Ela tem esperanças cor de rosa.Ela é só uma menina.Alegre,quieta e muitas vezes,incompreendida.
Ela,só quer voar num céu azul,encontrar com pássaros e de lá,dar adeus a um mundo cruel.
Deixa a menina sonhar,deixa a menina voar bem alto,porque quanto mais alto ela for,mais longe chegará.
Ela é só uma menina,de sapatilha e laçarote.É uma menina curiosa.As cores do universo,ela busca.É uma menina esperta.
Deixa ela conhecer,o perigo que um dia irá desbravar.Deixa ela correr atrás de borboletas,mesmo sabendo que elas irão voltar.Deixa a menina entrar no mar,e se uma onda vier,ela saberá nadar.
Deixa ela sentir,o perfume da flor,assim saberá que o que vem de dentro,tem mais valor.
Deixa a menina,deixa...que ela sabe onde quer chegar.E  que a vida,é um breve despertar.

Claire Mabelle.

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Toda mulher,quer ser bela.
Toda mulher,quer um cabelo bonito,uma pele saudável.
Toda mulher,quer um anel de noivado.
Toda mulher,quer o sapato mais bonito,a bolsa mais chic,o vestido mais caro,
Toda mulher,quer um jantar romântico.
Toda mulher,quer um amor de novela.
Toda mulher,quer ser princesa.


Mulher,bicho estranho.Inconstante como a maré.Tem mulher que quer ter filhos,mulher desgarrada,mulher que pega no pé.Tem mulher que só pensa em trabalho.
Mulher maluca.(todas somos).
Tem mulher que quer dominar o mundo e mulher que quer dominar o marido.
Mas no fundo,dominamos tudo.
Tem mulher que viaja,tem mulher,que sonha.
Tem mulher,que joga futebol.Mulher que dança,que canta.
E encanta.
Tem mulher religiosa,mulher sem credo.
Tem mulher branca,negra,mestiça,amarela.
Tem mulher que gosta de mulher.
Tem mulher alta,baixa,gorda,magra.
Tem mulher solteira,casada viúva e divorciada.
Tem até,mulher enrolada.
Tem mulher que luta.No ringue e na vida.

Mulher tem garra,força,coragem.
Tem mulher,de todos os tipos e cores.
Tem mulher recatada,mulher sensual.
Loira,morena,ruiva e até oriental.
Toda mulher,é Graça,Raça.
Que bom que existe mulher!


Claire Mabelle.

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Beleza não é tudo.É só 75%.

Andam dizendo por aí,que beleza não é tudo.Espera aí!!Como assim,beleza não é tudo?!
Que merda de hipocrisia é essa?!Se tem uma coisa que me dá raiva,é gente hipócrita.

Prestem atenção,por favor.

1)Um homem,vê uma mulher na rua,numa festa,sei lá onde,ele não a conhece e vai falar com ela:
a-Porque ela é interessante.
b-Porque ela é bonita.

R: É óbvio,porque ela é bonita.Se você,não conhece uma pessoa e fica interessado nela,a primeira coisa que se olha,é a beleza e ponto.Não tem como saber se a pessoa é inteligente,interessante,etc.A primeira coisa que se olha,é o corpo.Isso vale pra todos.
...
2)Você entra em um site de uma empresa,pra colocar seu currículo,aí a empresa pede uma foto sua.Porque será,que ela quer esta foto?
a-Pra saber se você,tem as qualidades necessárias para o cargo.
b-Pra saber se você,tem o 'perfil' da empresa(ou do patrão).
*'Pra bom entendedor,meia palavra basta.'

R:É a b,lógico!!Desculpa gente,mas acho que as vezes,as pessoas são tão sem noção.São tão fúteis,que me indigna.Tem tantas pessoas,batalhando por um emprego,tantas pessoas se matando pra seus filhos cursarem uma faculdade e as vezes,quando surge uma oferta de de emprego,estas perdem a oportunidade,porque uma pessoa mais bem vestida ou mais bonita,apareceu.Acho que antes de tudo,temos que dar valor a capacidade das pessoas,ao seu intelecto que no mundo de hoje se vulgarizou.Infelizmente.

É claro,que tem certos empregos,certos cargos,que exigem boa aparência,mas acredito,que pra se ter uma boa empresa,um bom negocio,precisa de gente qualificada e não,só aquelas bonequinhas de vitrine,com as bochechas tão rosadas,que parece que levaram um tapa.
Atenção,não estou postando isto aqui,por motivos particulares,mesmo porque,sempre saio fora,de empresa que pede foto,eles não levam a sério um funcionário,eles querem os meus serviços ou meu rosto pra expor na vitrine??Comigo não!!Mesmo porque,minha beleza,é daquelas normal sabe?!Menininha,meiga,bonita o suficiente,(risos),não faço o tipo mulherão.Como diz alguém que conheço:-pequena,mas fala igual gente grande.(adoro isso).Gosto de como eu sou,mas falei isto tudo aqui,porque com certeza nesse mundo de Deus, há alguém,que precisa saber disso.

Beleza não é tudo.É só 75%.
Abaixo a hipocrisia,já!
Claire Mabelle.

sábado, 28 de maio de 2011

Just dream'

Hoje,eu iria postar outra coisa,um assunto diferente.Mas aconteceu algo e,senti vontade de despejar esse sentimento aqui.
Nesses meus 20 e quase 1 anos,já chorei muito,sorri,menti,disse verdades.Porem,só disse que ia ser eterno,pra uma pessoa.Só sonhava em um pra sempre,com esta.Mas quando a gente ama alguém,nos esquecemos que esse alguém,também já amou muito outra pessoa,que não fomos nós.Já pode ter dito que iria ser pra sempre,e chorou quando esta,foi embora de sua vida.E,não sei se é certo ou não,mas isso me causa uma sensação de desonestidade,entende?Acho que nem eu entendo.(É coisa de momento.)Acho que tem que sentir,pra entender.Pois bem,aqui estou eu,dizendo a vocês que todos temos uma historia,um passado.Muitos,dizem que o que ficou no passado lá deve permanecer,mas não é bem assim,que a banda toca,não é mesmo?!
Quando a gente ama muito,uma pessoa,parece que o mundo pára,só pra você poder pensar nela,parece que o sono vem,pra poder sonhar com ela.
Amar uma pessoa,é bem complicado.O amor não é simples.Tem passado(desconhecido),presente(em construção),futuro(incerto) e tudo isso,interfere na relação,por mais simples e bonita que ela seja.
Na verdade,estou meio confusa,deve ser a tpm (ou não).Deve ser,a tal desilusão,o fim do faz de contas sem um final feliz,ou apenas,a vida que tomou um rumo diferente e,isso me deixou meio chateada e confusa.Não era o rumo que eu queria.Sabe quando a gente,está lá sonhando e,de repente acorda e,percebe que era só um sonho(bom),daqueles impossíveis de acontecer?Então,era isso.
Just dream.

Claire Mabelle.

Easy come, easy go
That's just how you live
Oh take, take, take it all but you never give
Should've known you was trouble from the first kiss
...
Yes I would die for you baby
But you won't do the same...



segunda-feira, 23 de maio de 2011

Eu sou do tipo que gostaria de resolver 
os problemas do mundo todo. Que seria capaz de 
captar um pouco da dor de todos que estão ao 
meu redor, apenas para vê-los sofrer menos. 
Que sofre ao ver alguém sofrer, e sorri apenas 
em saber que alguém está bem. Talvez seja esse 
o meu problema. Talvez a minha felicidade deva
 depender exclusivamente de mim. 
(Henrique Dias)

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Gotas,que já derramei.'

A noite é de chuva,raios e trovoadas.O barulho da chuva,é nostálgico.Quando dou por mim,já é tarde.Viajei no tempo.Não sei se gosto dessa sensação.É mais forte,do que eu.
Enquanto chove lá fora,minha alma se inunda de emoções,fico horas submersa,esperando que algo me puxe pra cima.
Como raios,lembranças vem em fleches.O barulho que o vento faz,me assusta.Sei que essa tempestade vai passar,mas as horas parecem se converter em anos.O relógio,parece que parou.Ao amanhecer,o dia será cinza e frio.Hoje,não há estrelas a iluminar o céu.
Me escondo nas cobertas,me consolo com meu travesseiro e rezo pra Deus me ajudar.
O vento bate em minha janela,como se quisesse invadir meu quarto e me levar.Desta vez,não o deixarei entrar.Que ele leve de volta,o que já  tanto me causou dor,me magoou.Do teto,pingam gotas de um amor.Gotas,que já derramei.O som que elas fazem,ao tocar o chão,me incomoda.Me deixa louca.
Então,fecho os olhos,como uma criança medrosa e assustada,na espera de pegar no sono,porque sei,que ao acordar,amanhã será outro dia.
Que as tempestades,sejam breves.Que o sol,nasça todos os dias.Que os pássaros cantem mais vezes na minha janela.Que o ''tudo vai dar certo'',aconteça.Que as estrelas,estejam toda noite a iluminar o céu e que a minha,jamais deixe de brilhar.


Claire Mabelle.

quarta-feira, 11 de maio de 2011

E quem disse que a dor, não te faz crescer? Caio Fernando Abreu'

A cada corte,a cada ferida aberta,a cada sangue e lágrimas que durante toda minha vida derramei, muito obrigada.
Obrigada,pois 'hoje'tenho a prova de que amadureci,cresci como pessoa e se por vezes,ainda choro,ainda me arranho pelos espinhos que a vida impunha,é porque ainda possuo sentimentos,é porque ainda vivo.Não é porque sofri,chorei,que deixarei que levem o que mais tenho de precioso,a minha sensibilidade.A compaixão,o ato de me doar aos que de mim precisam ou os que preciso.Mas aprendi,a ter cautela.A me amar acima de tudo.Aprendi que familia,é tudo.Obrigada dor,obrigada aos sentimentos que hoje,me fizeram enxergar o que antes,não avistava.
Agradeço,por estar viva,agradeço,por ter fé e coragem de encarar tudo o que vier.
Agradeço,pois é assim,que começo a minha estória.A estória da minha vida.
Claire Mabelle.
Depois de todas as tempestades e naufrágios, o que fica de mim em mim é cada vez mais essencial e verdadeiro. Caio Fernando Abreu.'

quarta-feira, 4 de maio de 2011

...algo solitário'

O frio,desce.Aqui dentro,tudo congelado.Não consigo respirar,é muito difícil.O frio adormeceu meus sentidos.Cade,o seu amor que não mas,me aquece?Cadê,você?
Não sei se posso aguentar tanto frio.Em volta de mim,é tudo vazio,tudo finito.
Preciso me afastar desse amor,que parece me congelar,não consigo sair do lugar,só pensando que talvez,as coisas voltem ao lugar.
.O frio me parece,algo solitário.Talvez,se eu tivesse seus pés pra me esquentar,me sentiria melhor.O nosso fogo,apagou e não dá pra acender novamente,porque a chuva já começou.Ela veio lavar as nossas cinzas,apagar o que sobrou.
Minha face,permanece estática,na esperança de um dia,quem sabe...nem sei.
Queria pra sempre verão,queria pra sempre calor,o seu calor.Queria ser o calor que arde em você.O fogo que faz,incendiar o passado,tornando-o cinzas,que o vento leva.
Queria ser chuva,pra tocar seu corpo e sentir o seu gosto.
Não consigo evitar.Tudo o que quero,é continuar,andar,amar,me reencontrar.Quero alguém,que me esquente em noites frias,um amor de noite e dia.
Aqui dentro,ainda continua frio e escuro,não consigo encontrar a direção.Mas sei,que um dia o sol vai brilhar,alguém irei encontrar.Mas uma parte de mim,vai sempre continuar,aqui.Parada.Congelada,a lhe esperar.
Acredito,que na vida existe dias de chuva,de sol,de frio e calor.Acredito,na força do amor.Sei que o caminho pra felicidade,é longo e árduo.Sei que as folhas caem no chão,como o tempo passa e nem percebemos.Acredito,na beleza do desabrochar de uma flor.No sorriso de uma criança e na esperança.
Por vezes,deixamos que pessoas congelem nossas vidas,as tornando mais frias e sem graça.Por vezes,paramos no tempo a espera de um amor,que já passou e nem sabemos se irá voltar.
Hoje,deixe que o fogo que aquece,a vida,a alma,lhe guie.Sinta o calor da brasa,correndo em suas veias e esqueça,tudo o que já lhe fez sentir um frio solitário,tudo que já fez,aquele barulho de vento sombrio,em sua janela,lhe causando um certo medo de sair de baixo das cobertas.Saia da cama.Levante,que mesmo em dias nublados,podemos fazer primavera.Não se submeta ao que já viveu.Pois,há sempre o que se viver.

Claire Mabelle.

Claire Mabelle.

Sentada em casa a tardinha,sinto o vento tocando nas folhas das árvores,ouço o canto dos pássaros,o barulho do mar,vejo borboletas felizes a voar.

Danni Carlos'

Eu moro num cenário

Do lado imaginário

Eu entro e saio sempre quando eu tô afim.