"Tenho consciência de ser autêntica e procuro superar todos os dias minha própria personalidade, despedaçando dentro de mim tudo que é velho e morto, pois lutar é a palavra vibrante que levanta os fracos e determina os fortes.
O importante é semear, produzir milhões de sorrisos de solidariedade e amizade. Procuro semear otimismo e plantar sementes de paz e justiça. Digo o que penso, com esperança. Penso no que faço, com fé. Faço o que devo fazer, com amor. Eu me esforço para ser cada dia melhor, pois bondade também se aprende!"

|Cora Coralina|


sexta-feira, 11 de março de 2011

Não se nasce mulher: torna-se. Simone de Beauvoirr

"Os homens dizem que apreciam a independência da mulher, mas não perdem um segundo para demoli-la tijolo por tijolo."
Candice Bergen 

O mundo anda meio mudado.Não sei,se pro bem ou não.Sei,que toda mudança traz dois lados.
Hoje,temos carros velozes,alta tecnologia,ciência avançada,etc.Poderia falar também,dos 'direitos' que NÓS mulheres conseguimos,com força,sangue e glória.Será?!Creio,que ainda não conseguimos completamente,esse tal de ''direitos iguais''.Ainda há muito machismo,e o pior,das próprias mulheres,que é o que mais me revolta.Devíamos,ser unidas.Ajudar umas as outras,defender,não invejar ou cobiçar e falar mal,tipo:''Só podia ser mulher.''Porque,só podia ser mulher?!Homens são perfeitos,por um acaso?
O que me consola,é que já temos uma mulher,presidente.(Salve!)Pensei,que fosse ser eu a primeira,mas a Dilma,já me valeu.É um largo passo,pra libertação desse ''direitos iguais'',que me soa machista e preconceituoso.Todos somos iguais,porque nos classificar em branco,negro,amarelo,mulher...?!
Hoje,já não são nossos pais,que escolhem com quem vamos nos casar e recebem uma certa quantia,pra nos ''ter fora de casa'',como se uma filha mulher,fosse um peso.
Graças a muitas mulheres fortes e corajosas,hoje estamos aqui.Trabalhando,ganhando o nosso,sem depender de homem.
Uma mulher,não nasce só para cuidar da casa e cia,não somos robôs programados.
Somos seres,maravilhosos.Somos nós,que damos vida ao mundo.É do nosso ventre,que sai o fruto.
Por isso,digo uma coisa que  me incomoda nessa mudança.O que me incomoda?O jeito com que algumas,se vestem,quase mostrando suas partes íntimas,beijando qualquer um,sem nem perguntar o nome ou sentir algo por essa pessoa.Sei que somos diferentes,um dos outros e cada um pensa de um jeito.Não sou nenhuma santa,mas sei me respeitar.E,isso é um desrespeito,não só a si,mas a todas as mulheres.
Me incomoda,ver uma garota bonita,jovem,se vulgarizando e sendo fútil.Ninguém,precisa usar uma minissaia,quase no útero,ou viver em frente a um espelho,pra ser bonita e chamar a atenção dos homens.Todas temos essências.Todas somos inteligentes e espertas.Há um outro lado sem ser o da vulgaridade.Feminina,sim.Vulgar,não.
Depois,reclamamos,choramos e dizemos não entender,o porque,que os homens,não nos dão valor.Sabe porque,não nos dão valor?Porque,hoje em dia,é muito fácil,''pegar''(como se fossemos objetos)uma mulher.''Passar a mão'' e tudo o que tem direito.
Desculpem,mas não são eles,que não nos dão valor.Somos nós!Nos tornamos desfrutáveis(há excessões).Entretanto,qual o homem,que vai querer o romantismo,de uma ''moça'',ao despudor de uma ''fácil''.Daí,sai aquela frase machista e arrogante,''essa é pra casar.''ou ''pego mole'',''só lanchinho''.Não somos,mercadoria na prateleira,não queremos ser etiquetadas,usadas e depois descartadas.
Não é por termos,conquistado,''direitos iguais'',que vamos sair por aí,fornicando com o primeiro que aparecer.Até a mais desfrutável das mulheres,sonha em encontrar um amor verdadeiro e subir ao altar um dia.Mas não é,dessa maneira,que irá encontrar o seu 'amor'.
Para eles nos darem o devido valor,pelo qual,mulheres morreram,lutaram e sofreram,
por essas mulheres,devemos resgatar o nosso alto-respeito.Devemos refletir sobre nossas atitudes e valores.
Temos que progredir.Não retroceder.Não somos objetos de prazer.Somos mulheres.
Seres independentes e fortes.Porém,temos defeitos.Os hormônios( Nossa famosa flutuação de humor e amor é efeito da alteração hormonal do ciclo menstrual. O uso de hormônios sintéticos, como pílula ou reposição na menopausa, tende a diminuir essa oscilação, mas muitos fatores contribuem para bagunçar o tom da orquestra feminina ),são eles que nos levam a amar,esses seres,egocêntricos,frágeis e dependentes de nós.
P.S:Meninas,culpem os hormônios.Eles,são os culpados,por fazermos loucuras por esses homens,estúpidos,que o tempo formou.
Claire Mabelle.


"Joana foi uma pessoa tão acima da maioria dos homens, que em mil anos não se encontra outra igual" - Winston Churchill

12 comentários:

  1. adoreeeeei o texto
    e apoio absolutamente! tenho ideias iguais
    e sinceramente, me entristece tal comportamento de muitas mulheres vulgar por aí..
    daqui a pouco nao existe mais nem casamento!
    que vergonha! ;/

    ResponderExcluir
  2. Adorei o texto Claire, importantissimo que as mulheres saibam disso.
    Concordo plenamente com suas palavras, a mulher tem sim, que ir construindo, 'brigando' pelo seu espaço no mercado de trabalho, ter seu respeito perante a sociedade, mas infelizmente na midia so vemos mulheres nuas, fazendo de seu corpo uma ferramente de trabalho. Mulher deixa de ser um ser pensante, para se tornar um objeto sexual, de atraçao em programas.

    Enfim, para as que tentam conquistar as coisas com o intelecto se torna muito mais dificil, mas particurlamente, prefiro as coisas mais dificeis do que as faceis, o que vem facil, vai facil. E corpo, uma hora a lei da gravidade chega. Desculpa o desabafo, mas esse assunto me tira do serio.


    *
    *


    Tenha um lindo fim de semana flor!
    Bjs & abraços!

    ResponderExcluir
  3. Amei seu texto, chérie *-*
    Bisous. Au revoir.

    ResponderExcluir
  4. UAU! Arrasou nas palavras amiga!
    Mandou bem!
    Beijos meus amada e um doce final de semana!

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Te ofereço um Meme Literário!
    Passa lá no meu cantinho para pegar!
    Beijos meus
    Um bom final de semana!

    ResponderExcluir
  6. Ah flor, te apoio totalmente.
    Temos um grande avanço mas ainda há muito o que mudar. E com certeza que a culpa é nossa dos homens não nos valorizar como deveriam, somos tão fáceis que chega a perder a graça. Pena que você não foi a primeira presidente, mas com certeza será a segunda ou terceira.

    Muito obrigada por complementar o que eu escrevi em meu blog, fico muito feliz que se identifique com ele assim como eu com o seu.
    Não precisa se desculpar de nada, é sempre bem vinda para falar, debater, criticar e mostrar seu ponto de vista.
    Sinto-me livre para estas coisas aqui também ^^

    Abraços apertados.

    ResponderExcluir
  7. Obrigada por partilhares ;D
    Beijinho, Lua*

    ResponderExcluir
  8. Vizinha, estou passando pela vizinhança a procura de um casal de patos (Patolí e Meg), que desapareram hj de manhã lá do CASA!
    Se encontrá-los passe por lá ou me avise que venho apanhá-los!
    Se for até lá tomaremos um café feito na hora e se resolver se hospedar , ponho minha melhor roupa e venho também pra ficar ....
    Linda sua casa (blog) hein vizinha ...
    Abraço
    Valéria

    ResponderExcluir
  9. Belo texto Claire, disse tudo. E se nós mulheres somos o sexo frágil, os homens são oque? Mulheres são batalhadoras, guerreiras, e tudo que conquistamos foi com luta.

    ResponderExcluir
  10. Olá amiga querida!
    Passando para lhe desejar uma semana iluminada!
    Beijos meus

    ResponderExcluir
  11. Obrigada pelo meme Claire.
    Tenha uma linda semana flor,

    e aah, ficou lindo aqui hein!

    Bjs & abraços!

    ResponderExcluir
  12. Ei Guriaa'
    Obridaga pelo Meme'
    já estou levando-o para casa.
    beijos meus'

    ResponderExcluir

Palavra chave:
-Verbalize,seu sentimento.
Solte o verbo.Exponha a palavra,que se tem na alma.
Volte,quando achar que deve voltar.
[Claire.]

Claire Mabelle.

Sentada em casa a tardinha,sinto o vento tocando nas folhas das árvores,ouço o canto dos pássaros,o barulho do mar,vejo borboletas felizes a voar.

Danni Carlos'

Eu moro num cenário

Do lado imaginário

Eu entro e saio sempre quando eu tô afim.