"Tenho consciência de ser autêntica e procuro superar todos os dias minha própria personalidade, despedaçando dentro de mim tudo que é velho e morto, pois lutar é a palavra vibrante que levanta os fracos e determina os fortes.
O importante é semear, produzir milhões de sorrisos de solidariedade e amizade. Procuro semear otimismo e plantar sementes de paz e justiça. Digo o que penso, com esperança. Penso no que faço, com fé. Faço o que devo fazer, com amor. Eu me esforço para ser cada dia melhor, pois bondade também se aprende!"

|Cora Coralina|


quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Desejo'

'Desejo primeiro que você ame,
E que amando,também seja amado.
E que se não for,seja breve em esquecer.
E que esquecendo, não guarde mágoa.

Desejo,pois, que não seja assim.
Mas se for,saiba ser sem se desesperar.
Desejo também que tenha amigos,
Que mesmo maus e inconseqüentes
Sejam corajosos e fiéis.
E que pelo menos em um deles,
Você possa confiar sem duvidar.

E porque a vida é assim,
Desejo ainda,que você tenha inimigos
Nem muitos,nem poucos
Mas na medida exata,para que
Algumas vezes,você se interpele
A respeito de suas próprias certezas.
E que entre eles
Haja pelo menos,um que seja justo,
Para que você não se sinta demasiado seguro.

Desejo depois,que você seja útil
Mas não insubstituível.
E que nos maus momentos,
Quando não restar mais nada
Essa utilidade seja suficiente
Para manter você de pé.

Desejo ainda que você seja tolerante,
Não com os que erram pouco
Porque isso é fácil,
Mas com os que erram muito e irremediavelmente.
E que fazendo bom uso dessa tolerância,
Você sirva de exemplo aos outros.

Desejo que você, sendo jovem,
Não amadureça depressa demais.
E que sendo maduro
Não insista em rejuvenescer.
E que sendo velho,
Não se dedique ao desespero.
Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor.

Desejo, por sinal,que você seja triste.
Não o ano todo,mas apenas um dia
Mas que nesse dia,
Descubra que o riso diário é bom.
O riso habitual é insosso.
E o riso constante é insano.

Desejo que você descubra
Com o máximo de urgência,
Acima e a respeito de tudo
Que existem oprimidos, injustiçados e infelizes.
E que estão bem à sua volta.
Desejo ainda,
Que você afague um gato,alimente um cuco
E ouça o joão-de-barro
Erguer triunfante o seu canto matinal.
Porque assim,você se sentirá bem por nada.

Desejo também
Que você plante uma semente,por menor que seja
E acompanhe o seu crescimento.
Para que você saiba
De quantas muitas vidas é feita uma árvore.

Desejo, outrossim, que você tenha dinheiro
Porque é preciso ser prático
E que pelo menos uma vez por ano
Coloque um pouco dele na sua frente e diga:
"Isso é meu"
Só para que fique bem claro
Quem é o dono de quem.

Desejo também
Que nenhum de seus afetos morra
Por eles e por você.
Mas que se morrer,
Você possa chorar sem se lamentar,
E sofrer sem se culpar

Desejo por fim,
Que você sendo homem,tenha uma boa mulher.
E que sendo mulher,tenha um bom homem.
Que se amem hoje, amanhã e nos dias seguintes.
E quando estiverem exaustos e sorridentes,
Ainda haja amor pra recomeçar.

E se tudo isso acontecer,
Não tenho mais nada a lhe desejar.'

Victor Hugo
Meu dentista,me deu uma folha ao qual tinha esse texto de V.Hugo,adorei e postei pra dividir com vocês,asim como ele fez.Espero que gostem.Beijos^^'

9 comentários:

  1. Amei o post *_*
    Realmente muito lindo.
    Eu só conhecia alguns trechos dele e adorava, ele inteiro então, é perfeito *-*

    ResponderExcluir
  2. Querida Claire
    É lindíssimo o texto que postaste!Não tenho palavras para o comentar.
    Através dele,eu sinto,e sempre senti,desde que "nos conhecemos" que tu tens uma alma muito linda,sensível,doce e compreensiva.
    Desejo..muita felicidade na tua vida
    Bom fim de semana
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Tudo muitoo liindo por aquii !

    *----*

    um abraço

    ResponderExcluir
  4. Claire, o blog da Dri me trouxe até aqui! Que bom!
    Lindo blog, linda você!
    Adorei!
    Estou te seguindo e estarei sempre por aqui!!
    Beeeijo

    ResponderExcluir
  5. adorei, também desejo.
    aaah o teu dentista é mesmo querido, porque o poema é lindo.

    ResponderExcluir
  6. Obrigado Claire! É lindo o poema!!!

    Beijos...
    AL

    ResponderExcluir
  7. Fico feliz,que tenham gostado do poema.
    Muito obrigada,pelo carinho de todos.
    Beijos,carinhosos*-*

    ResponderExcluir
  8. aah, tem uma música do frejat com alguns trechos desse texto. adoro elaa! é uma bela música.
    adorei o blog.

    ResponderExcluir

Palavra chave:
-Verbalize,seu sentimento.
Solte o verbo.Exponha a palavra,que se tem na alma.
Volte,quando achar que deve voltar.
[Claire.]

Claire Mabelle.

Sentada em casa a tardinha,sinto o vento tocando nas folhas das árvores,ouço o canto dos pássaros,o barulho do mar,vejo borboletas felizes a voar.

Danni Carlos'

Eu moro num cenário

Do lado imaginário

Eu entro e saio sempre quando eu tô afim.