"Tenho consciência de ser autêntica e procuro superar todos os dias minha própria personalidade, despedaçando dentro de mim tudo que é velho e morto, pois lutar é a palavra vibrante que levanta os fracos e determina os fortes.
O importante é semear, produzir milhões de sorrisos de solidariedade e amizade. Procuro semear otimismo e plantar sementes de paz e justiça. Digo o que penso, com esperança. Penso no que faço, com fé. Faço o que devo fazer, com amor. Eu me esforço para ser cada dia melhor, pois bondade também se aprende!"

|Cora Coralina|


segunda-feira, 4 de abril de 2011

Se for pra falar de amor...

que não esmague meu órgão que bombeia sangue com miséria de sentimentalismo. Porque amor sim, é algo delicado de se falar! Eu estive pensando, todo mundo busca por isso. Não há um ser vivente nessa terra de meu Deus que não queira um amor, ou ainda que seja uma projeção disso.

Eu olho para todos os lados, vejo pessoas que falam, reclamam, choram, mas não largam o osso. Me repugna , me ira, me dá dor no pâncreas, mas eu entendo! Porque eu não desisto, eu choro, reclamo, falo... Mas sem amor eu nem respiro. E duvido, duvido mesmo que alguém viva sem. Não estou falando de amor erógeno, ouça bem, isso não é amor! Mas aquele amor que faz sentir segurança, extrema felicidade por estar perto do outro. Pode ser amigo, tio, primo, mãe, pai, piriquito ou papagaio, mas transborde amor! O sentimento mais bem requisitado do mundo, o mais solicitado entre as nações. Inclusive, acho que o amor deveria cobrar por ser tão aclamado. Pois ninguém se dá de graça, mas o amor não, ele tem que estar sempre presente, e sempre acelerando corações.

O amor é cheio de magnitude, carrega consigo virtudes e sensibilidade. Então falar de amor não é pra todos, nem pra mim. Mas senti-lo (sinta a perfeição) é de graça, é para todos!

Só não ama quem não quer se dá ao amor, pois todos querem ser amados, mas não são todos que se permitem amar! Existem barreiras que nos tornam tremendos babacas, só amamos as pessoas que tem bens, só amamos os brancos de olhos azuis, só amamos depois de perceber que vale a pena amar. Veja bem meu querido, AMOR é de graça! Deve-se amar não pelo que o outro é, mas pelo prazer de sentir um sentimento puro. Pureza está extinta nos tempos de hoje, pra tudo há um duplo sentido, pra tudo há outra versão, mas pro amor não! Pro amor tudo é limpo, transparente, pro amor sempre vale a pena tentar. Então se for pra falar de amor, voltemos a amar isso basta!
Emilia Couto

9 comentários:

  1. Que lindo Claire!
    Amar é mesmo o princípio, meio e fim de tudo. Todos nós somos projeções do amor, e estam,os nesse mundo por amor de Deus.
    Achei esse texto belíssimo! Bela escolha.

    Uma ótima semana

    Beejo

    ResponderExcluir
  2. Lindo, Mabelle :D
    Você sempre trás belas palavras sobre o amor... e arrasa nesse tema! Fiquei sem palavras ao ler o sue texto, você disse tantas coisas que eu também acredito. Bom, parabéns pelo texto!
    Vim avisar que tem selinho para ti em meu blog... Beeeeijo ;*

    ResponderExcluir
  3. Liindo demais :D
    "Pureza está extinta nos tempos de hoje, pra tudo há um duplo sentido, pra tudo há outra versão, mas pro amor não! Pro amor tudo é limpo, transparente, pro amor sempre vale a pena tentar. Então se for pra falar de amor, voltemos a amar isso basta!"

    ResponderExcluir
  4. Claire, que texto maravilhoso! Adorei o blog ! Estou te seguinto e te convido a conhecer o meu cantinho! bjinhus

    ResponderExcluir
  5. Está escrevendo cada vez melhor Claire, soube usar as melhores palavras, pra descrever a importancia do amor.

    ResponderExcluir
  6. Adorei o blog...
    estou seguindo, retribui?

    beijos
    http://pathyoliver.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Muito verdade flor, falamos mal, chingamos, dizemos que não queremos, mas não vivemos sem.
    Queremos amar só por fora, e esquecemos o mais importante, que é o caráter, o sentimento, se é real ou não.
    E primeira vez que escuto a música de fundo no seu blog, muito linda ^^

    ResponderExcluir
  8. Isso mesmo, até porque, amor não se fala, se sente!
    Muito lindo.
    Adorei!
    Beijos meus querida amiga e um bom final de semana pra ti!

    ResponderExcluir
  9. Obrigada pelo carinho meninas.Mas vale dizer quem quem escreveu foi Emilia Couto.=DD UM GRANDE BEIJO!!

    ResponderExcluir

Palavra chave:
-Verbalize,seu sentimento.
Solte o verbo.Exponha a palavra,que se tem na alma.
Volte,quando achar que deve voltar.
[Claire.]

Claire Mabelle.

Sentada em casa a tardinha,sinto o vento tocando nas folhas das árvores,ouço o canto dos pássaros,o barulho do mar,vejo borboletas felizes a voar.

Danni Carlos'

Eu moro num cenário

Do lado imaginário

Eu entro e saio sempre quando eu tô afim.