"Tenho consciência de ser autêntica e procuro superar todos os dias minha própria personalidade, despedaçando dentro de mim tudo que é velho e morto, pois lutar é a palavra vibrante que levanta os fracos e determina os fortes.
O importante é semear, produzir milhões de sorrisos de solidariedade e amizade. Procuro semear otimismo e plantar sementes de paz e justiça. Digo o que penso, com esperança. Penso no que faço, com fé. Faço o que devo fazer, com amor. Eu me esforço para ser cada dia melhor, pois bondade também se aprende!"

|Cora Coralina|


sábado, 16 de outubro de 2010

Sometimes.'-'

As vezes,a noite deitada em minha cama,penso com meu travesseiro,que não sou o único ser a sofrer de amor.Existem outros que como eu que ''morrem'' de amor.Certa vez,com muita raiva,disse que nunca mas me apaixonaria novamente(mentira),pura ilusão,estava tentando enganar a mim mesma,por que? Por medo de sofrer?de errar e me ver em pedaços de novo?Podemos tentar fugir,nos enganar,mas o amor,a paixão nos cega,nos entorpece,nos faz perder a sanidade e passamos a viver em completo estado de loucura.
Loucos,loucos,completamente insanos,todos por amor.É impossível viver sano,é impossível,não amar alguém,o amor é um tipo de 'necessidade fisiológica'.
Sofrer por amor,por amar alguém é normal,faz parte da vida,do cotidiano.
Em alguns momentos,achamos ou temos a certeza de que vai ser pra sempre,fazemos loucuras pelo ser amado nos entregamos por inteiro e então,um diz acaba,simplesmente chega ao fim,aquele amor cheio de paixão e você se vê sem o que pensava,que era o ''grande amor de sua vida''.E agora,como viver sem ele?O que fazer pra preencher o enorme vazio deixado por ele?A resposta,acho que é,apenas viver,mas não é tão simples assim,dói,te falta uma parte,você fica em pedaços,chora dia e noite sem parar,seu pensamento,sua memória são cruéis contigo.Dia vem,dia vai,e você está pronta pra outra(acho).
Antes,eu pensava que saberia,quando encontrasse o ''amor da minha vida'',mas vi que nada sei sobre o amor,e ninguém sabe ao certo,o que sabemos é o que sentimos.O que sei,é que amar faz bem,pra alma,pro corpo,porém causa feridas,dor,sofrimento...Como costumo dizer o amor é bipolar,inconstante,tem dois lados,como tudo na vida.Creio,que a ferida do amor,é como a ferida de um corte,ou talvez,seja um pouco mais profunda,por tocar a alma.Mas nada melhor do que o tempo,pra sarar uma ferida(de amor),num dizem que o tempo cura tudo,então.Mas...como toda ferida,depois que sara,deixa a cicatriz e não dá pra apagar,é uma marca que irá levar contigo por toda vida,como o primeiro beijo,estranho,inseguro,entretanto inesquecível.
                     Cada marca,uma história.Cada história um marco.

                                                       
                                                           Claire Mabelle.

3 comentários:

  1. Querida Claire
    O texto que escreveste é Belíssimo!

    Amor é...
    ...a mais sagrada emoção humana

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. o amor da sua vida é quando voce simplesmente encontra alguem que faz tua vida completa.
    beijo!

    ResponderExcluir
  3. Lhe agradeço,Brisa e concordo com o que dissestes.*-*

    Madie,concordo ctg também,o amor é cumplicidade,é lado a lado é quando juntos,formamos um TODO,mas é também aprender a não ser dependente daquele amor,é saber dividir e encontrar a tua própria felicidade felicidade,além desse amor.
    Beijos,adorei tua passagem por aki.Volte sempre qe quiser!

    ResponderExcluir

Palavra chave:
-Verbalize,seu sentimento.
Solte o verbo.Exponha a palavra,que se tem na alma.
Volte,quando achar que deve voltar.
[Claire.]

Claire Mabelle.

Sentada em casa a tardinha,sinto o vento tocando nas folhas das árvores,ouço o canto dos pássaros,o barulho do mar,vejo borboletas felizes a voar.

Danni Carlos'

Eu moro num cenário

Do lado imaginário

Eu entro e saio sempre quando eu tô afim.